Cans e cas

Publicado: 12/08/2015 em Variedades dialectais

Destas 2 formas, unha está admitida pola RAG e é a que debemos usar (cans) e a outra é unha variedade dialectal que non está admitida e que cómpre evitarmos (cas). Se ben na escrita case tódolos galegos escriben cans; na fala, dependendo da zoa, uns din cans e outros cas.

Eu, por exemplo, digo cas, aínda que escribo cans. A razón pola que digo cas, e que nunha palabra tan curta como é cans, non dou pronunciado ese ns final falando normal, pra pronuncialo tería que facer unha pausa, porén si que digo camións. Iso si, non vos recomendo que digades cas e a forma que debedes usar tanto na escrita como na fala é cans.

Anúncios

Deixa o teu comentario

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s